• Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Artigos Científicos

quarta-feira, 10 julho 2019 14:16

Avaliação da Alexitimia em Crianças Portuguesas com Perturbação de Hiperatividade/Défice de Atenção

Rate this item
(0 votes)

Sara Teixeira1, José Pedro Barbosa2, Lara Lourenço3, Daniel Gonçalves4, Micaela Guardiano5.

1
Autor Correspondente
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Porto, Portugal.
2
MEDCIDS - Departamento de Medicina da Comunidade, Informação e Decisão em Saúde, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (CIM - FMUP), Porto, Portugal.
3
Serviço de Pediatria, Centro Hospitalar de São João, Porto, Portugal.
4
Serviço de Pediatria, Centro Hospitalar de São João, Porto, Portugal.
5
Serviço de Pediatria, Centro Hospitalar de São João, Porto, Portugal.

Gazeta Médica 

Jun 28, 2019


INTRODUÇÃO: Diversos estudos têm demonstrado existir uma perturbação do processamento emocional em crianças com perturbação hiperatividade/ défice de atenção (PHDA). No entanto, existem poucos estudos relativos à associação entre alexitimia e PHDA tanto em adultos como em crianças, e nenhum na população portuguesa.


MÉTODOS: A amostra acidental inclui 50 crianças previamente diagnosticadas com PHDA e sob tratamento e 51 crianças saudáveis sem PHDA, com idades compreendidas entre os 8 e os 17 anos. Com o intuito de avaliar a alexiti-mia foi aplicada a versão portuguesa do questionário de alexitimia para crianças.


RESULTADOS: Comparando os dois grupos, não se verificaram diferenças significativas em nenhum dos três fatores da escala de alexitimia: dificuldade em identificar sentimentos, dificuldade em descrever sentimentos e pensamento orientado externamente, assim como na pontuação total da escala.


DISCUSSÃO: No nosso estudo, crianças com PHDA sob intervenção farmacológica e psicoterapêutica apresentaram níveis de alexitimia sobreponíveis à população controlo.


CONCLUSÃO: O nosso estudo pretende reforçar a importância da avaliação do processamento emocional na PHDA e a sua relação com as intervenções terapêuticas realizadas, abrindo portas a que outras investigações se dediquem a este tema.


Ver artigo completo...


A Direção da SPDA - Sociedade Portuguesa de Défice de Atenção 

Read 36 times Last modified on segunda-feira, 19 agosto 2019 15:21
© 2019 SPDA - Sociedade Portuguesa de Défice de Atenção. All Rights Reserved. Design by BID-lab